Banheiro com cuba dentro ou fora?

Você já ouviu falar em banheiro compartimentado? Esta é uma solução que tem aparecido como possibilidade para alguns banheiros, que é a separação da cuba do restante dos equipamentos do banheiro. Esta solução, que deixa a cuba para fora do banheiro, pode ser utilizada principalmente em banheiros de áreas de festas residenciais ou ainda em suítes. Mas quais são as vantagens e desvantagens desta configuração?

Primeiro vamos mostrar alguns exemplos de projetos nos quais adotamos essa solução. Você pode ver que a ideia é basicamente ter na parte fechada do “banheiro” somente a bacia sanitária e o chuveiro, ficando a cuba do lado de fora, em um ambiente imediatamente anterior ao restante do banheiro.

Agora vamos às vantagens: a maior delas é permitir o uso simultâneo do espaço, com uma pessoa usando a bacia ou o chuveiro enquanto a outra pode utilizar a cuba para escovar os dentes ou lavar as mãos. Mas as vantagens vão além disso, o espelho, por estar fora da área de vapor, acaba não embaçando a partir do uso do chuveiro com água quente, o que permite melhor utilização para fazer a barba ou maquiagem, por exemplo, ainda que logo depois do banho. Além disso, pode-se dar um tratamento mais elegante ao mobiliário do banheiro, combinando o mesmo mais com o closet do que com o banheiro em si. 

A principal desvantagem dessa solução é a possível sujeira ou desorganização que pode ficar nessa área, que acaba ficando muito mais a mostra. Entramos nos banheiros somente quando vamos para utilizá-lo, e ainda que a bancada esteja mais bagunçada, é um espaço que ficamos pouco tempo. Porém quando a bancada está em uma área de closet, cada vez que adentramos ao dormitório possivelmente nos deparamos com ela, que se estiver bagunçada acaba resultando em um aspecto ruim para todo o restante do ambiente. Além disso, se tiveres alguém mais desastrado, vai precisar de um piso resistente a água e umidade fora do banheiro também. 

Além de ser utilizada em suítes de dormitórios de casais, essa solução também pode ser utilizada em banheiros compartilhados entre irmãos, o que acaba solucionando boa parte dos conflitos domésticos de uso do sanitário compartilhado.

Quer ver mais dos nossos projetos, acesse www.lparquitetura.com.br!

 

Escrito por

Gaúcho, Santa Mariense, Arquiteto e Urbanista que um dia foi anarquista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s