LP 10 anos

Uma empresa completar 10 anos no Brasil não é fácil. E neste mês, discretamente a LP completou 10 anos de existência. Nossa história começou no fim da faculdade, quando eu, Guilherme Schneider, a Renata Zampieri (que hoje é minha esposa) e o Gustavo Bernardi nos formamos no Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Santa Maria.

Ainda na faculdade, eu, o Gustavo e mais uns colegas trabalhávamos com maquetes eletrônicas e plantas humanizadas para construtores e profissionais autônomos, fruto de nosso estudo e dedicação extraclasse em alguns programas que poucos dominavam. Ao mesmo tempo, o Gustavo já programava, criava atalhos e blocos exclusivos no Autocad e ainda dava alguns treinamentos de maneira improvisada para quem quisesse aprender esses programas. Na mesma época, logo que nos formamos, eu e a Renata, minha namorada na época, recebemos a oportunidade, através do pai dela, de fazer um estudo de um prédio em um terreno para uns investidores. O estudo iria ser usado para negociar a permuta por área construída, o que talvez resultasse em um projeto posteriormente. Depois de apresentar o estudo aos donos do terreno e aos sócios da empresa de engenharia que iriam executar a obra, o projeto foi aceito. Nascia ali o Residencial Olavo Bilac, nosso primeiro projeto de edificação.

Juntando todas essas oportunidades – Maquetes eletrônicas, Treinamentos, e um projeto de prédio conquistado -, fundamos a LP desenho e arquitetura. A ideia foi juntar tudo em um espaço e logo alugamos nossa primeira sala comercial, na Rua André Marques, 653, sala 201. Logo foram entrando os primeiros estagiários, a Renata se afastou para fazer seu mestrado na UFRGS, e seguimos nesse ritmo de três braços de serviço por cinco anos.  

Nesse tempo surgiram mais dois projetos de prédios, o Residencial do Parque e o Residencial Oswald de Andrade, reformas em clínicas, concessionárias de veículos, apartamentos, entre outros. A necessidade fez com que nos especializamos, e eu acabei buscando um MBA em gestão empresarial e o Gustavo uma especialização em Revit e BIM; e com a Renata se dedicando à atividade acadêmica, precisávamos de mais um profissional para o escritório. Nesse momento, a Anne Lyse, que estava trabalhando em Curitiba, resolveu voltar para Santa Maria, e fizemos um teste para um projeto inicial. Não precisa dizer que a parceria funcionou né!  Com os serviços crescendo, decidimos  nos mudar e dividir a empresa, facilitando a segmentação de produtos, clientes e criando duas marcas, duas atuações com públicos específicos. Surgiu assim a LP arquitetos, onde a Anne virou sócia e a LP desenho e treinamentos. Veja mais sobre essa divisão aqui. E veja nossa sede atual aqui. 

Ao longo do desenvolvimento da LP arquitetos fomos afinando nossa filosofia, nosso significado e nossa maneira de trabalhar. Aqui na LP, trabalhamos no mesmo espaço e comentamos e discutimos sobre quase tudo, projetos, músicas, filmes, séries, dietas, exercícios. A troca de experiências e opiniões é constante, e isso tudo só nos faz crescer como escritório e como pessoas. 

Aos poucos fomos aprimorando nossos projetos, os projetos de interiores de apartamentos, que hoje chamamos de personalização de apartamentos, retroalimentam os projetos de prédios, pois temos um feedback dos usuários finais do edifício. Algumas reflexões foram feitas aqui nesse post, por exemplo.

Não somos uma equipe grande, mas no nosso time já passou muita gente, estagiários já aprenderem e nos ensinaram, e principalmente contribuíram para o crescimento e a evolução do escritório e dos projetos. A equipe é tão fundamental pra nós que a Miriane Muskopf começou como estagiária no escritório e hoje integra nosso time oficial, sendo importante colaboradora nos diversos projetos. Foram muitas pizzas, hambúrgueres, bares e discussões que foram moldando o que o escritório é hoje. Todos que por aqui passaram de alguma maneira colaboraram para chegar aos nossos 10 anos. Obrigado! 

O desafio é grande, o setor da construção está no seu pior momento desde a fundação do escritório, e entendemos que o período é de investir na inovação e nos processos de melhoria permanente, para continuarmos crescendo e atendendo a todos da melhor maneira possível. Continuaremos com foco no usuário, nas experiências, na melhoria da cidade e nas nossas playlists.

Escrito por

Gaúcho, Santa Mariense, Arquiteto e Urbanista que um dia foi anarquista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s